Skip To The Main Content

De olho nos suprimentos mais importantes

ASCM CEO

Friday February 24, 2017


APICS-Supply-Chain-Management-Now

Embora muitos setores estejam usufruindo plenamente dos benefícios dos sistemas automatizados de gestão de estoques, os hospitais ficaram para trás. Um novo relatório da Cardinal Health e da SERMO revelou que 78% dos hospitais pesquisados ainda utilizam métodos manuais de gestão de estoques, de acordo com a RevCycle Intelligence.

Quando os sistemas automatizados não estão por trás da gestão dos estoques dos hospitais, a tarefa parece sobrar para os profissionais da saúde. Estima-se que esses trabalhadores gastem aproximadamente duas horas por turno, uma média de 17% do tempo de trabalho semanal, em tarefas de gestão de estoque. Enquanto estão concentrados nos afazeres da cadeia de suprimentos, passam menos tempo cuidando dos pacientes. Como consequência, 65% dos profissionais da saúde entrevistados disseram desejar a troca das funções de gestão da cadeia de suprimentos por mais tempo com os pacientes. 

Dentre os outros funcionários de hospital que auxiliam nas tarefas de gestão de estoque, quase dois terços dos supervisores de serviço e 59% dos administradores afirmam preferir não ter que lidar com atividades de estoque. 

Os erros com suprimentos podem acarretar sérias consequências para os pacientes. Dentre os funcionários de hospitais pesquisados, 57% lembraram-se de ocasiões em que o médico não tinha os itens necessários para procedimentos com pacientes, e 24% disseram ter visto ou ouvido falar do uso em pacientes de produtos vencidos ou não aprovados por parte de outros funcionários. 

Apesar desses riscos, os hospitais demoram a implementar ferramentas automatizadas de gestão de estoque. RevCycle Intelligence destacou algumas barreiras, dentre elas

  • percepções de custos elevados
  • falta de conhecimento sobre as opções disponíveis (por exemplo, mais de um terço dos entrevistados não conhecia identificação por radiofrequência.)
  • necessidade de obter aprovação de todas as áreas do hospital
  • outras prioridades.

Por outro lado, a maior prioridade de muitos hospitais é a questão financeira. Entretanto, muitos participantes concordaram que processos automatizados de gestão de estoques ajudariam, de fato, a melhorar a situação financeira do hospital. 

Em suma: os pacientes e hospitais têm a oportunidade de se beneficiar com a gestão automatizada de estoques. Está na hora de haver uma maior conscientização sobre esta área importante e acelerar o setor. 

Ferramentas certas para o serviço

Não importa se você trabalha na área hospitalar, em um depósito, em uma fábrica ou até mesmo em um escritório, o importante é que você tenha as ferramentas certas para realizar seu trabalho e atender seus clientes.  Considere esta descrição da finalidade do estoque de acordo com a Estrutura do conjunto de conhecimento de gestão de operações da APICS (OMBOK): “A finalidade precípua do estoque é atender à demanda, auxiliando a produção e o atendimento ao cliente. O estoque é um ativo caro e precisa ser gerenciado e controlado com cuidado.” A APICS OMBOK vai além e observa que uma faceta fundamental da gestão de estoques é mantê-los atualizados e em condições de uso. 

Há anos, a gestão de estoques te sido um dos pilares principais do programa de disciplinas da APICS. Além disso, a APICS continua trabalhando para trazer até você os conteúdos mais recentes, ajudando-o a beneficiar sua empresa e melhorar sua carreira. Trata-se de uma razão importante pela qual optamos por atualizar o título de Gestão de Produção e Estoques (CPIM) reconhecido pela APICS. O curso revisado, composto de dois módulos, racionaliza o processo de preparação e exames para ajudar os profissionais da cadeia de suprimentos a dominar, de forma eficaz e eficiência, termos, conceitos e estratégias essenciais de produção e estoque. Fique atento a outras informações sobre este curso aprimorado nos próximos meses.

Enquanto isso, para saber mais sobre como a obtenção do seu título CPIM pode fazer diferença em sua carreira, acesse apics.org/CPIM.